Saiba a Importância da Higiene Bucal em Bebês

7 técnicas para vencer o medo de ir ao dentista
9 de Março de 2018
Saiba a Real Importância do Tratamento Bucal em Pacientes Especiais
21 de Março de 2018

Foto/Reprodução

Os hábitos de higiene oral devem começar desde cedo para manter a saúde das crianças em dia e garantir que gengivas e dentes estejam saudáveis. Levar os pequenos ao odontopediatra é uma tarefa que é responsabilidade de todos os pais. A medida ajuda a prevenir, ou tratar o mais cedo possível, problemas que poderiam trazer muitos prejuízos para o sorriso da criança no futuro.

Em entrevista ao portal sorrisologia, a dentista Tamara Vilela que além de ensinar os principais cuidados de como higienizar a boca do bebê, adverte que é recomendado que a primeira ida ao ortodontista seja em torno dos 6 primeiros meses de vida.

QUANDO A HIGIENE BUCAL DEVE SER INICIADA?

Em bebês ainda em fase de aleitamento materno e que não têm dentes na cavidade oral não é necessário fazer a limpeza, pois o próprio leite protege toda a cavidade oral da criança. Porém, os bebês que já se alimentam de outras substâncias precisam que a higienização seja feita. “Essa limpeza pode ser feita amarrando uma gaze ou fraldinha de pano umedecida no dedo e, com cuidado, passar por todo o interior da boca, sem esquecer da língua e bochechas do bebê”, adverte Tamara.

A limpeza evita que ocorra a fermentação do alimento nas regiões entre a gengiva, bochecha, na língua e abaixo dela. Após o aparecimento da primeira dentição, a higiene já pode ser feita com o uso de escovas de dentes. Tamara orienta: “É importante a ida ao dentista para que ele indique a escova que precisa ser usada de acordo com a idade do bebê, junto do creme dental com flúor”.

QUAL É A IMPORTÂNCIA EM HIGIENIZAR A LÍNGUA DO PEQUENO?

A higienização da língua do bebê é uma rotina de limpeza extremamente importante que deve ser seguida diariamente pelos pais. “A importância dessa rotina está associada ao fato da língua do bebê trazer principalmente alguns benefícios, ela é responsável por diminuir a possibilidade de infecções por fungos e impede a proliferação da bactéria responsável pela cárie”, explica a dentista.

COMO OS PAIS PODEM REALIZAR ESSA HIGIENE?

A limpeza dos dentes, gengiva e da língua das crianças devem ser feitas seguindo as orientações indicadas pelo dentista, e é importante que seja executada de maneira sútil com movimentos leves na hora da escovação para não machucar a cavidade bucal que é bem sensível. A escovação deve ser feita duas vezes ao dia, após as principais refeições e a quantidade de creme varia conforme cada idade. “Quando a criança tiver de zero a três anos, a quantidade deve ser igual a meio grão de arroz cru, de três até sete anos, um grão inteiro de arroz cru e, acima de sete anos, a quantidade deve ser como uma ervilha”, explica a dentista.

AS CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE HIGIENE BUCAL EM CRIANÇAS

A falta de higiene oral ou a má higienização da cavidade bucal pode levar ao surgimento da doença cárie, que contamina parte ou todo elemento dental. Os primeiros dentes da criança são de extrema importância e os estágios de desenvolvimento influenciam diretamente na futura saúde bucal do seu filho. “Ensiná-los bons hábitos de higiene é de extrema importância para prevenção das doenças bucais e para a manutenção desses hábitos depois que chegam à idade adulta”, completa Tamara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *