Conheça a Odonto Baby de Balneário Camboriú / SC
31 de outubro de 2018
Adeus para os dentes de leite!
22 de novembro de 2018

OS PRIMEIROS DENTES DO BEBÊ

Geralmente os primeiros dentes do bebê começam a nascer quando acaba a exclusividade do aleitamento materno, normalmente aos 6 meses, este é mais um processo importante para o desenvolvimento infantil.

A fase mais comum do nascimento do primeiro dente do bebê gira em torno dos 6 aos 9 meses, contudo, pode acontecer de algumas crianças iniciarem sua dentição antes ou depois dessa média, o que deve ser avaliado por um profissional.

Até os 5 anos de idade a criança já deve possuir sua primeira dentição completa, o que significa possuir 20 dentinhos, onde 10 ficam na parte de cima e os outros 10 na parte de baixo da arcada dentária. Depois dos 5 anos é comum que os dentes de leite (primeira dentição) comecem a cair, dando lugar aos dentes definitivos, juntamente com o nascimento dos dentes molares no fundinho da boca.

A primeira dentição infantil se inicia aos 6 meses e finaliza aos 30 meses de vida. Os famosos dentes de leite nascem conforme o crescimento e o desenvolvimento da criança. Para você entender um pouco melhor, confira a lista abaixo:

6-12 meses – dentes incisivos inferiores;
7-10 meses – dentes incisivos superiores;
9-12 meses – dentes laterais superiores e inferiores;
12-18 meses – primeiros molares superiores e inferiores;
18-24 meses – caninos superiores e inferiores;
24-30 meses – segundos molares inferiores e superiores.

A ordem do nascimento dos dentes do bebê modifica conforme ocorre as alterações nos tipos de alimento e na sua consistência.

Por exemplo: os dentes caninos são os responsáveis por rasgar e furar os alimentos, os dentes incisivos são responsáveis por cortar e triturar os alimentos, já os molares esmagam facilitando o processo de digestão.

Muitas mães, pais e responsáveis ficam preocupados com o nascimento do primeiro dente do bebê, pois, esse evento geralmente traz alguns incômodos e estranhezas. Alguns sintomas são:
• Inchaço e dor na gengiva;
• Dificuldade em se alimentar;
• Saliva excessiva;
• Morder dedos e objetos;
• Choro excessivo;
• Irritação e inquietação.
• Algumas crianças podem apresentar diarreia, febre e infecções respiratórias neste período, contudo dentistas e pediatras afirmam que estes fatores não estão associados ao processo de surgimento dos dentes.

Para aliviar o desconforto é recomendado utilizar o frio como agente diminuidor do mal-estar, o frio diminui o inchaço e a inflamação da gengiva, podendo dar ao bebê alimentos frios para que ele morda, de forma que não se engasgue, ou seja, todo este processo deve ser realizado sob vigilância. Outra dica são os mordedores em gel que podem ir na geladeira e que causarão o mesmo efeito.

Caso não resolva, existem pomadas que diminuem os sintomas, lembrando sempre que no caso de medicamento, o dentista deve ser consultado.

Clínica Odonto Baby
Clínica Odonto Baby
Somos a primeira clínica na região de Balneário Camboriú a dispor de um atendimento personalizado para crianças, adolescentes e adultos que necessitam de uma atenção especial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *