Dúvidas sobre a gestação podem surgir na hora de ir ao dentista.

A importância dos pais na consulta odontológica do seu filho.
12 de outubro de 2017
Saiba Como Evitar a Erosão Dentária
8 de fevereiro de 2018

Dúvidas em relação ao tratamento odontológico na gestação é uma dúvida muito comum em várias mães, por isso respondemos algumas questões:

1º As grávidas podem ir ao dentista?

Sim. É neste período que o profissional odontopediatra passará informações e tirará dúvidas sobre a higiene bucal tanto da mãe quanto do bebê para que ele tenha uma vida saudável livre de problemas futuros.

 

2º Na gestação, a radiografia dental pode ser utilizada?

Sim.  A quantidade de radiação utilizada no exame radiográfico dental está bem abaixo dos níveis nocivos, porém o dentista vai receitar em casos extremamente necessários para o diagnóstico e irá recomendar um local que utiliza as normas corretas de proteção.

 

3º Pode-se realizar restauração, extração ou tratamento de canal na gestação?

Sim. Os procedimentos odontológicos, desde que, corretamente realizados não trazem mal ao feto, principalmente quando realizados no período gestacional ideal, sendo que o segundo trimestre é o período mais indicado pelo fato de mãe e bebê estarem mais estáveis.

 

4º Pode ser utilizado anestésico local no período gestacional?

Sim. É seguro realizar procedimentos odontológicos sob anestesia local, porém tem que dar prioridades aos anestésicos sem vasoconstritores ou anestésicos com vasoconstritor natural, ou seja, que não contenham nenhuma substância comprima os vasos sangüíneos. sendo que o anestésico mais indicado para gestantes é lidocaína 2% com adrenalina 1:100.000 ou noradrenalina 1:50.000

 

5º Meus dentes ficam mais fracos na gravidez?

Não. Na maioria dos casos, o que vai determinar o que enfraquece os dentes está relacionado com a higiene bucal e hábitos alimentares inadequados. Muitas vezes pelo fato de ocorrer enjôos e vômitos, a boca fica mais ácida, o que pode aumentar a probabilidade de enfraquecimento  dos dentes ou o surgimento de cáries.

 

6º Pode ser feito clareamento dental durante a gravidez?

Não. Tanto o clareamento a lazer quanto o clareamento caseiro não são recomendados para gestantes, pois os laboratórios dos produtos de clareamento ainda não tem testes concluídos relacionados à gestação, além de aumentar a sensibilidade, que na gestação se torna mais tênue. Na dúvida é melhor esperar o nascimento da criança, que por sinal pode fazer clareamento a partir dos 15 anos, quando o dente já está completamente desenvolvido.

 

7º Os dentistas podem receitar medicamentos as gestantes?

Sim. Desde que seja realmente necessários.  Para isso é importante consultar o dentista.

 

8º A mãe pode transmitir cárie para o bebê após o nascimento?

Sim. O contato direto com a criança através do beijo, alimentos, colheres, bicos podem transmitir os microorganismos que causam cáries. Quanto mais cedo esta transmissão maior será o risco de a criança desenvolver lesões de cáries.

 

9º A amamentação pode enfraquecer os dentes?

Não. A amamentação não enfraquece os dentes. Mas a alimentação precisa ser balanceada de acordo com as novas necessidades e com consumo adequado de alimentos que contenham cálcio. Caso esse nutriente não seja oferecido na quantidade adequada, o organismo da mulher vai extraí-lo das reservas do esqueleto (e não dos dentes).

 

Por Dra. Bruna Luiza Vicenti Meotti

www.drabrunaluiza.com.br

 

Clínica Odonto Baby
Clínica Odonto Baby
Somos a primeira clínica na região de Balneário Camboriú a dispor de um atendimento personalizado para crianças, adolescentes e adultos que necessitam de uma atenção especial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *